Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adrão e o Ventor

Eu nasci na serra de Soajo e Adrão, nas suas encostas, é o meu berço

Adrão e o Ventor

Eu nasci na serra de Soajo e Adrão, nas suas encostas, é o meu berço


Lobo na serra de Soajo

Piquenique nas Fontes, em Adrão

Último piquenique da Maria Bondeira comigo

Último sorriso da Maria Bondeira para mim


07.09.09

A Senhora da Peneda ...


Ventor

... mais uma vez!

 

 

Alguém que sei, gostava de mim, me ofereceu, um dia, este pratinho com a Senhora da Peneda. Alguém que sei ter sido desviada do seu trajecto, mas também sei que a Senhora da Peneda não a abandonará - a minha tia Maria que o Senhor da Esfera já tem

 

Também sei que este pratinho faz-me lembrar a Romaria à Senhora da Peneda, mas sei que, mesmo que este pratinho não existisse, a Romaria à Senhora da Peneda nunca seria esquecida. E sei isso porque, como o meu Quico vos conta no meu sonho com os lobos, a Senhora da Peneda, lá longe, Tal como S. bento do Cando, faziam tudo para que a minha cabeça se acalmasse. E Ela tem feito isso muitas vezes!

 

Por essa razão e por muitas outras, eu nunca esqueceria a Senhora da Peneda. Não é por acaso que mantenho esse pratinho aqui, junto de mim.

 

Apena vos recordo que, hoje, 7 de Setembro de 2009, estamos na força da Romaria da Senhora da Peneda e este post serve para lhe voltar a pedir a Ela, que vá velando por todos os que vivem ao redor e dentro das nossas Montanhas Lindas, mas que nunca esqueça todos aqueles que, mais longe ou mais perto continuam a chorar por elas e, também, que nunca esqueça todos aqueles que, neste mundo, só encontram tropeços na sua vida .

 

Mais uma vez deixo aqui a minha Homenagem a Pavarotti e à Senhora da Peneda, com a Avé Maria de Schubert nas minha Montanhas Lindas.

 

As Montanhas Lindas do Ventor, são as montanhas da serra de Soajo, da serra da Peneda, da serra Amarela, do Gerês, ... são as montanhas dos seus sonhos e são, também, as montanhas da sua gente

2 comentários

Comentar post