Cabras e Vacas na Pedrada em 2001



Adrão, uma Aldeia na Montanha...




... o meu berço, na Grande Caminhada do Ventor, uma aldeia por onde eu caminho, nos trilhos dos lobos que são também trilhos dos deuses, sempre pertinho do céu, ao lado da minha gente



Piquenique nas Fontes, em Adrão
Último piquenique da Maria Bondeira comigo
Último sorriso da Maria Bondeira para mim


Bem-vindos ao lugar de Adrão! Acompanhem o Ventor pela sua aldeia, ou melhor ainda, pelas suas montanhas lindas, que já foram chão sagrado do Lobo Ibérico




Ventor bebeu água na Fonte da Naia em 2006


Podem crer!

Esta é mais uma das muitas belas aldeias do nosso Portugal que foi submetida à mais terrível de todas as Diásporas.


As lágrimas derramadas pelas suas gentes alimentariam muitas fontes espalhadas pelo mundo.


Recorfo-me das muitas vezes que bebi nesta fonte (a Fonte da Naia), com os mais idosos dos meus tempos de criança e com outros do meu tempo que estão espalhados por esse mundo, morrendo de saudades para voltarem um dia a usufruir, mais uma vez, de um momento destes.


Assim cada vez que faço uma das minhas caminhadas pelas minhas Montanhas Lindas, eu revivo o meu passado.



Caminhemos ao lado do Lobo Ibérico. Temos de caber todos na serra de Soajo. Ele chegou lá primeiro que nós! Por isso acredito que, no futuro, temos de continuar lado a lado.




Era o desafio total!



No monte por cima de Adrão, em 1980, ainda se notavam os trilhos das cabras, no desgaste realizado sobre a montanha. O Ventor nunca esquece o momento em que as suas gentes soltavam as rezes pela Barreira acima e o som típico dos mééés ... mééés, utilizados pelas cabras e pelos cabritos a incentivarem a caminhada ou num gesto de adeus, até logo, e ...



Algumas vezes subi todo esse monte que nos leva até ao Alto da Derrilheira e que foi baptizado pelos nossos antepassados, com o nome do Alto do Lombo.



Quantas vezes o lobo espreitava de entre as urzes, o rebanho que se espalhava no monte, rumo à Pedrada. A estratégia era sempre a mesma. Não permitir que o lobo saísse vencedor do processo que nos fazia disputar a primazia de todo um trabalho - as rezes.



O homem e o lobo, disputavam, palmo a palmo, os seus processos de como cada um sobreviver. Era essa a razão que os levavam a um combate que culminava na montaria. Era na montaria onde uns e outros apostavam tudo. Todo o homem procurava a morte do lobo e o lobo só procurava salvar-se.



Foi aqui que tudo começou! Foi daqui desta aldeia que o Ventor partiu para a sua Grande Caminhada


DSC03220.jpg


É para todos vós que eu coloco, aqui, no Canal do Quico97, esta playlist de vídeos!



Podem ver aqui: Esta é a minha mensagem




Quico - o gato do Ventor

O Ventor caminha por Adrão

Ago,28Olc 297.jpg

O Ventor na Pedrada

Uma flor na Corga da Vagem

DSC02866.jpg


O Senhor da Paz, em Adrão

Ele e o seu carvalho são monumentos inesquecíveis, de todos nós que fomos levados pela Diáspora.

F.S.joao.jpg

A nossa Capelinha em Adrão

flor-nas-fontes.jpg

Uma flor nas Fontes

F.S.joao.jpg

Uma flor do S. João

mais sobre mim

pesquisar

 

Outubro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

arquivos

Relógio Mundial

subscrever feeds