Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adrão, na Grande Caminhada do Ventor

Adrão, na Grande Caminhada do Ventor


Piquenique nas Fontes, em Adrão

Último piquenique da Maria Bondeira comigo

Último sorriso da Maria Bondeira para mim


Regresso a Casa, 2015


Clicando nesta foto, podem ver as restantes que compõem o Album Regresso a Casa, com fotos dessa minha passagem por Adrão no meu regresso, rumo a Lisboa, em 2015. Também podem clicar na setinha do Flicker e ver as fotos em slideshow


10
Abr16

Regresso a Casa, em 2015

Ventor

Foi assim o meu regresso a casa, em 2015, depois de umas passagens fogazes por Adrão e pelas minhas Montanhas Lindas com uma subida à Pedrada.

Pouco para quem gosta de escanchar a perna!

Estas fotos que, mais uma vez tento colocar aqui em slideshow, foram tiradas de três sítios. Da zona do Castelo para Adrão; outras nas Fontes e com um ou dois clicks, através de Entre-os-Outeiros, para o Hotel do Mezio e as outras da Cruz que observa a Várzea, em honra do Bispo Emérito de S. Tomé e Príncipe, D. Abílio, um cidadão português, natural da Várzea.

 

Regresso a Casa, 2015

 

 

Slideshow do Album: foi assim o meu regresso a casa

 

Faça click em: foi assim o meu regresso a casa, em 2015 e, na página que abriu, click no primeiro dos três sinais, o rectangulozinho por cima das fotos do lado direito e, se estiver disposto(a), tem 108 fotos para ver. Se quiser ver, foto a foto é só clicar nas setinhas.

 

 

Com o meu gato Pilantras a dizer-me que, quando morrer, quer ser enterrado, nas Fontes, ao lado do Quico mas, só quer voltar quando estiver morto para não sentir o carro.

 

Mas, nas Fontes, temos umas espécies de avencas e pequenos fetos junto das nascentes, uma "mini-botânica" que dá sempre para embelezar o meu cérebro, com aquelas florezinhas minúsculas que adoram ser observadas. Eu sei que são as ninfas das fontes que nunca se esquecem que o Ventor também não esquece o seu trabalho de embelezamento desses locais húmidos, verdes e outras cores que, tal como eu, adoram este Planeta Azul.

 

Esta caminhada sobre rodas, é a melhor maneira de eu regressar a casa. Passar em frente de Adrão, tirar umas fotos (nunca sei quando serão as últimas), olhar as Fontes, mais uma vez, recordar os pôr-se-sol que, em tempos de puto admirei e seguir por Paradela, normalmente, via Lindoso, Ponte da Barca.

Depois, de olhos no alcatrão e arredores, rumo a casa, deixando que o meu coração chore à vontade. E ele começa a chorar quando, dos lados do Gondomil, lanço o olhar sobre o Cemitério de Adrão.

Espero que ele volte a chorar este ano.

 

 

Em Adrão também há flores lindas. São elas que embelezam as montanhas do Ventor, nas suas caminhadas

Ventor, nas suas caminhadas | Divulga também a tua página

1 comentário

Comentar post

luis.jpg

Luiz Franqueira e o Quico

Sou eu e o meu Quico. Éramos amigos inseparáveis. O Senhor da Esfera levou-mo e, três anos depois, o mesmo Senhor da Esfera, enviou-me o Pilantras

Ticas2.jpg

Pilantras - o Ticas

O Pilantras também é lindo. A seu modo, já não fica a dever nada ao Quico. O Quico corria a meu lado a ver qual chegava primeiro ao computador. O Pilantras vai pela sucapa e ocupa a a cadeira

Este é o Link da minha

Grande Caminhada

Caminharei por aqui, hoje e sempre, com o meu velho Quico na cabeça e o meu Ticas a meu lado

Ticas1.jpg

Ticas

O Cão Sabujo de Soajp

2017-09-15 14-22-58_0096.jpg

Este é o cão Sabujo de Soajo

Este cão é aquele a que hoje chamam o cão de Castro Laboreiro. Era o cão que as gentes de Soajo, segundo o Prof. Jorge Lage, pagavam em tributo aos reis de Portugal. Esse cão acompanhava os monteiros de Soajo nas guardas dos rebanhos e nas montarias reais

O lobo cinzento

Irei falar, por aqui da serra de Soajo e também dos seus lobos e das suas montarias ao lobo, as únicas em que participei como observador, ainda criança. Sabemos que o lobo ibérico é uma subespécie do lobo cinzento mas também sabemos que é um animal fabuloso

16726778_eS0z4.jpg

Falar da serra de Soajo, na qual continuo a caminhar em sonhos, não é só falar de lobos mas, também, falar das suas floes e, escolho para as representar a primeira de todas as ericas...

DSC03018.jpg

... e depoi esta, a Gentiana azul, esta bela flor azul aparecida na Corga da Vagem, depois de não haver cabras por lá

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.