Sim, vieram!

O Anjo da Morte e mais 6 dos seus ajudantes vieram buscar o Ventor.

 

As suas fatiotas eram assim, mas o chefe do grupo vestia de negro

 

Foi na semana passada, numa noite em que a realidade e o sonho se iam conjugando mas, sem a ajuda do Antar e com a ajuda do meu Quico safei-me. Não me conseguiram levar!

 

Eram sete, tal como nos Sete Magníficos. Um, o Chefe, vestido de negro, os outros seis vestidos desse azul, em cima. Entraram de roldão pelo Hall dentro e o grande chefe ordenou. Tragam-no!

Um dos seis pegou num papel e disse: "não o podemos levar"!

«Não podemos porquê»? Perguntou o Chefe.

A resposta foi: "porque o nome dele não condiz com o documento que trazemos. Ele chama-se Franqueira e o documento diz Franqueir@! Por isso Chefe, este tem de ficar".

Depois foi o diabo entre eles.

«Como raio escrevem o nome dele com arroba, que não se usa nos nomes»?

"Não interessa, temos de confirmar. Tudo o que fazemos tem de ser perfeito"!

 

Fiquei quase sem respiração, tomei Zirtec, tomei Cortisona, passei as passas do Algarve durante algum tempo. Por fim voltei a adormecer. Voltei a sonhar! Apareceu-me o meu Quico que me diz: «lixei os gajos! Eles queriam levar-te e eu pensei como te tirar do caminho deles. Transformei o "a" numa arroba "@". Como o trabalho tem de ser perfeito eles tiveram de desistir.

 

Há momentos de sorte ou será que eles andam mesmo aí!?

 

Em Adrão também há flores lindas. São elas que embelezam as montanhas do Ventor, nas suas caminhadas

Ventor, nas suas caminhadas | Divulga também a tua página

publicado por Ventor às 12:20