101 anos foi a meta atingida hoje.

101 anos são os anos que assiste, impávida e serena, aos últimos sorrisos de Adrão. Um dia não vai haver ninguém para a recordar, mas nas Catacumbas da Net, aparecerá um lugar sem ninguém, sem futuro, sem sorrisos - chamado Adrão - e com uma rosa sem sorriso, a não ser que eu tenha a sorte de a voltar a encontrar.

 

Tiveram o cuidado de me enviar uma foto por telemóvel e que eu não tive a sorte de saber guardar entre milhares. Muitos milhares de fotos, no meio das quais andam à deriva 2 ou 3 suas.

 

Mas para você, tia Rosinha Félix, há sempre uma foto! A foto que representa todas as rosas! E, mesmo que eu não volte a encontrar as suas fotos, nenhuma outra a representará melhor que esta que eu vou arranjar para a representar.

 

 

Uma rosa de Adrão, representada por uma rosa de todo, ou quase, todo o Mundo

 

Também não sei se alguém lhe vai entregar o beijinho que lhe deixo aqui, mas sei que você sabe que eu, aqui, a milhares de kms de distância, não me vou esquecer de comemorar os seus anos com um scotch! Sós! Eu, você, Adrão e o scotch, juntos num pequeno copo para a eternidade.

 

Feliz aniversário tia Rosinha Félix.

 

Espero que, para o ano, já tenha uma foto sua para mostrar ao mundo que, em Adrão, também se chega e passa os 100 anos.

 

Muitos beijinhos do Ventor, da dona do Quico e do meu Quico que também já ouviu falar em si

Bjs..

 

Em Adrão também há flores lindas. São elas que embelezam as montanhas do Ventor, nas suas caminhadas

Ventor, nas suas caminhadas | Divulga também a tua página

tags: ,
publicado por Ventor às 15:54