Uma aldeia na montanha quase no fim do Mundo - Minho, Portugal!

 

 

Lugar de Adrão

 

Esta é uma terra de sonhos. Com ela, sonham todos aqueles que tiveram de a abandonar e partir para o mundo. Hoje, em todos os cantos do mundo, em todos os continentes, as gentes de Adrão choram a sua saudade.

  

 

Adrão, muitos anos atrás

 

Ainda se notam no monte, ao cimo da Barreira, os trilhos ou carreiros abertos pelas cabras que desde a aldeia subiam até à Pedrada. As cabras saíam das cortes e encaminhavam-se, monte acima, até ao alto da Derrilheira, que se vê lá em cima, de onde seguiam pela corga da Vagem ou pela Serrinha e Fonte das Forcadas, até à Pedrada, o monte mais alto da serra de Soajo. Era a vezeira! As pessoas revezavam-se para guardar as cabras dos ataques dos lobos. Normalmente eram duas pessoas que subiam a serra com elas, todos os dias, voltando a descer ao aproximar da noite.

Em Adrão também há flores lindas. São elas que embelezam as montanhas do Ventor, nas suas caminhadas

Ventor, nas suas caminhadas | Divulga também a tua página

publicado por Ventor às 14:59