É uma maravilha olhar as minhas Montanhas Lindas a partir do Poulo dos Cagordos.

 

DSC09711.JPG

 

 

Desta vez tive a companhia dos garranos, belezas das minhas Montanhas Lindas.

 

 

Poulo dos Cagordos

 

Vejam aqui as minhas fotos ao redor do Poulo dos Cagordos

 

Foi este, um dos sítios, de onde eu vi esventrar a serra de Soajo. Daqui, das Fontes, do Barroco, do Poulo da Fraga, ao meio dia, eu ouvia e via as rochas desfazerem-se sob a força dos dinamites, na construção da estrada que ia de Entre-os-Outeiros para o Arieiro.

 

Este é um dos sítios que fazem parte dos meus momentos de sonhos. As vacas subiam da Assureira pelo Barroco, torciam à direita, bebiam a água que descia das Fontes e torciam direitas ao Alto de Facuque. Nesse tempo eu caminhava nas minhas Montanhas Lindas ao lado das minhas vacas. Há nomes que eu hoje não recordo mas, há outros que nunca esqueço. Nos tempos que eu andava pelo Barroco, pelo Poulo da Fraga, pelas Fontes, pela Centierira, pela Chãe do Ruivo, pelo Alto de Facuque, pelo Poulo dos Cagordos e, ... eu não andava pela Corga Grande, pela Chãe do Boi, pela Naia. Depois aprendi a ver os montes da Assureira de cima para baixo e, senti-me grande quando os comecei a observar desde o Alto da Derrilheira.

 

 

DSC09656.JPG

 

Eu sei que há muitas coisas bonitas mas, nenhuma é mais bonita que as minhas!

 

Sei que alguns não estarão de acordo comigo mas também sei que de tudo o que vi, até hoje, aquilo que a Natureza me apresenta de belo, o mais belo que tudo, está em redor de Adrão.

 

 

Em Adrão também há flores lindas. São elas que embelezam as montanhas do Ventor, nas suas caminhadas

Ventor, nas suas caminhadas | Divulga também a tua página

publicado por Ventor às 15:32